O Vai de Bolsa é um portal de Educação com foco em ajudar você a encontrar as melhores bolsas de estudo de graduação, pós-graduação e ensino técnico.

Siga-nos!

Posts Recentes

Quais são as tecnologias que contemplam os alinhadores ortodônticos?

Nos últimos tempos, uma tendência muito significativa e importante na área da ortodontia surgiu e está conquistando cada vez mais espaço no ramo. Trata-se dos alinhadores ortodônticos, opções vantajosas e diferentes que podem substituir os aparelhos fixos em alguns casos específicos. Além de serem alternativas que se diferenciam pelo lado estético e também por conta do conforto que promovem, esses aparelhos são totalmente planejados via tecnologias inovadoras e diferenciadas.

Diferenças entre o Invisalign e o Alinhador Nacional - VS Ortodontia

Fonte: Google

Tecnologias dos alinhadores ortodônticos

Para começar, um ponto importante e muito tecnológico está a favor dos alinhadores ortodônticos: essas soluções para falta de alinhamento nos dentes, dentes encavalados e separados ou até mesmo má inclusão que são menos invasivas e melhores esteticamente, são projetadas no computador. São placas de acetato transparentes, e se adequam a boca de cada paciente sem serem extremamente visíveis ou sem incomodarem na hora da escovação e do uso do fio dental.

Esses alinhadores, portanto, são planejados de forma virtual, através de uma ferramenta chamada Setup Virtual. O profissional ortodontista precisa utilizar um software para simular todos os movimentos que serão necessários durante o tratamento. Dessa maneira, o escaneamento intraoral realizado e as digitalizações dos modelos de gesso executados pelo dentista conseguem “prever” quantos alinhadores serão necessários durante o processo – pois eles são trocados conforme as necessidades apresentadas pelo indivíduo que utiliza as placas.

Depois dessa questão, o dentista realiza a confecção de um protótipo de cada modelo que vai ser utilizado durante o período do tratamento. Essas projeções e elaboração antes mesmo do uso de cada placa faz com que o paciente possa, de alguma forma, ter uma ideia de como será o desenvolvimento do tratamento escolhido, conseguindo ter uma noção muito significativa de como seu sorriso ficará antes mesmo de iniciar o uso das placas.

É sabido desde o início pelo profissional, portanto, quantos alinhadores são necessários para que o tratamento seja finalizado com êxito e de forma adequada. Além disso, essas informações obtidas antes do início do processo podem ser muito úteis para o paciente, que acompanha de perto todas as evoluções promovidas pelos alinhadores, já tendo em mente quais são os próximos passos. Essas são vantagens disponibilizadas por essa nova forma de pensar os procedimentos ortodônticos, já que não é possível obter determinados benefícios com o uso de aparelhos convencionais fixos. 

Saiba como funcionam os alinhadores invisíveis

Fonte: Google

Se você é um ortodontista e possui experiência e conhecimento na área e, de alguma forma, acha que a tecnologia que o curso de alinhadores ortodônticos disponibilizam seria útil no seu consultório e uma opção válida para seus pacientes, não perca tempo. A Smile Cursos, em Niterói, no Rio de Janeiro, está promovendo um curso completo, com direito a aulas teóricas e práticas que se complementam, para que você se torne um profissional ainda mais completo e que contempla todas as necessidades das pessoas que buscam pelos seus serviços. 

Profissões para quem gosta de línguas

Quais são as melhores profissões para quem gosta de estudar Línguas?

Tem pessoas que são apaixonadas por jogos, por vídeos, por roupas, e existem as pessoas que são apaixonadas por Línguas. Que são apaixonados pelo conhecimento, pelo aprendizado e por aprofundar no entendimento não apenas na língua brasileira, quanto as línguas de outros países.

Existem algumas profissões que são dedicadas ao estudo das Línguas, conheça as principais a seguir.

DICA: Como conseguir bolsa na faculdade https://vaidebolsa.com.br/

Profissões para quem gosta de estudar sobre Línguas

Separamos algumas profissões que são mais procuradas por quem é apaixonado pelo estudo das Línguas, independente da sua nacionalidade.

Professor

Essa é uma profissão para os apaixonados pelo estudo e pelo conhecimento, e certamente pelas Línguas. Independente da matéria ministrada, o professor tem a missão de ensinar conhecimentos para seus alunos, em uma determinada disciplina. É uma profissão pouco valorizada no Brasil, mas de suma importância, pois não existem profissionais formados, sem professores. 

Que pode estar relacionada à idiomas, como: Português, Inglês ou Espanhol (línguas mais comuns no sistema de ensino brasileiro) ou em outras matérias que necessitam do conhecimento de Línguas para seguir em frente com os estudos.

Por exemplo, a Literatura estuda textos que foram produzidos por autores de vários locais do mundo, mesmo que traduzidos, é importante conhecer o texto original e entender o motivo das palavras, em relação ao tempo que foi escrito, ao local, ao país e principalmente, contextualizar a situação.

Tradutor

O tradutor tem como principal missão a leitura de textos em diversos idiomas, conseguir interpretar tudo e escrever a tradução na língua que foi solicitada. Apesar de parecer simples, a missão não é fácil, já que cada língua tem suas particularidades.

Profissões para quem gosta de línguas

O Português, por exemplo, é considerado uma das línguas mais complexas do mundo, devido aos seus significados variados para uma mesma palavra, às vezes com variação de uma única letra ou em alguns casos, nenhuma variação. Mas o contexto de utilização da palavra faz diferença no seu significado.

Sem contar na tradução de gírias locais, jargões e vícios de linguagem que sofrem muita variação de um país para o outro. Existem palavras que são utilizadas no Brasil, que não são utilizadas em nenhum outro local do mundo, e para realizar uma tradução, é necessário encontrar uma palavra que seja conhecida em outra língua que tenha o mesmo significado.

Intérprete

Essa é uma das melhores profissões para quem gosta de estudar línguas pois é possível não apenas estudar sobre o seu idioma nativo, mas deve estudar sobre outros idiomas, para que consiga interpretar o que outra pessoa, de nacionalidade está dizendo.

O campo de atuação de um intérprete é bem vasto, pode ser em eventos sociais, palestras, aulas, conferências, reuniões entre outros. O intérprete é um facilitador da comunicação entre povos de diferentes nações.

Guia Turístico

Se engane quem acredita que o guia turístico é uma profissão para guiar visitantes aos pontos turísticos de uma determinada região. Para que ele possa exercer sua profissão da forma mais adequada, é necessário que ele tenha domínio de pelo menos 1 língua adicional, como o Inglês, que normalmente é o mais solicitado.

No entanto, a maioria dos guias turísticos possuem pelo menos duas línguas “universais”, como o inglês e espanhol fluentes, e outras línguas com em nível básico ou intermediário. Para que dessa forma, seja possível conversar e tirar dúvidas sobre os locais visitados dos turistas.

Diplomata

O diplomata é o profissional responsável por estabelecer e desenvolver contatos, sempre de forma pacífica, com governos de países diferentes. É uma das profissões para quem gosta de estudar línguas, já que é necessário ter o outro idioma fluente, para que a conversa possa ser conduzida da melhor forma possível.

Uma expressão mal interpretada pelo diplomata de outra nacionalidade pode gerar mal entendidos que são prejudiciais para as relações internacionais, que pode ter consequências desastrosas, dependendo da forma da forma como acontecer a interpretação.

Por isso, é importante que o diplomata tenho o domínio do seu idioma, bem como a fluência em outro idioma, para que conversação seja realizada adequadamente.

Linguista

Esse profissional é pouco conhecido, pois acredito que muitas pessoas não ouviram falar nessa profissão. No entanto, é uma das profissões para quem gosta de estudar línguas, já que necessita ser apaixonado por línguas, já que para ser um linguista é necessário investigar toda a linguagem verbal.

Esse profissional é responsável pela investigação verbal bem como a forma que ocorreu a evolução dos idiomas. Muitas pessoas se perguntam como no Brasil existem tantas diferenças na forma de comunicação entre as regiões. Porque as expressões do Nordeste são mais carregadas, e possuem praticamente um “dialeto próprio”.

E a região Sul do Brasil possui uma linguagem mais coloquial, com uso mais comum dos verbos e tempos verbais que não são utilizadas em outras regiões do Brasil, como no Sudeste. Que possui mais gírias, do que formas de linguagem. Tudo isso é investigado por esse profissional, e para isso, precisa ser um amante das línguas.